"Diários de Otsoga" foi escolhido para integrar a Quinzena dos Realizadores, uma secção paralela do Festival de Cannes que terá lugar entre 7 e 17 de julho.

A programação da 53.ª Quinzena dos Realizadores foi anunciada esta terça-feira em Paris em conferência de imprensa.

Apresentado em estreia mundial e descrito como um "filme  improvisado" rodado em agosto do ano passado numa propriedade em Sintra já em contexto de pandemia, "Diários de Otsoga" é coassinado pelo realizador Miguel Gomes e Maureen Fazendeiro, realizadora francesa residente em Lisboa cuja primeira curta-metragem "Motu Maeva" (2014) foi premiada no Doclisboa.

No elenco estão Crista Alfaiate, Carloto Cotta e João Nunes Monteiro.

"Crista, Carloto e João constroem juntos um borboletário. Partilham o quotidiano na casa, dia após dia… Não são os únicos" é a sinopse oficial do argumento, dos realizadores com Mariana Ricardo, divulgado pela produtora O Som e a Fúria.

Da lista, 22 dos 24 realizadores apresentam filmes pela primeira vez em Cannes. Miguel Gomes é uma das exceções, pois teve também na Quinzena dos Realizadores "Aquela Querido Mês de Agosto" (2008) e "As Mil e Uma Noites" (2015).

"Diários de Otsoga" estreia nos cinemas portugueses a 19 de Agosto, com distribuição da Desforra Apache.

Na programação da Quinzena de Realizadores estará também o filme "Medusa", da realizadora brasileira Anita Rocha da Silveira, e será ainda atribuído o prémio de carreira ao realizador norte-americano Frederick Wiseman, de 91 anos.

Este ano, o Festival de Cinema de Cannes, assim como os programas paralelos Quinzena de Realizadores e Semana da Crítica, foram reprogramados para julho, por causa da pandemia.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.