«As Linhas de Wellington», o filme produzido por Paulo Branco que o cineasta chileno
Raúl Ruiz deixou incompleto quando morreu em 2011, e que foi rodado em Portugal pela companheira e realizadora
Valeria Sarmiento, integra a competição pelo Leão de Ouro e será exibido no dia 4 de setembro.

Do filme, que tem como pano de fundo as invasões francesas em Portugal, fazem parte atores como
John Malkovich,
Marisa Paredes,
Nuno Lopes,
Carlotto Cota,
Albano Jerónimo,
Soraia Chaves,
Catherine Deneuve,
Michel Piccoli e cerca de cinco mil figurantes.

Fora de competição, será exibido, a 5 e 6 de setembro, o filme
«O Gebo e a Sombra», de
Manoel de Oliveira, feito a partir de uma peça de Raul Brandão.

O realizador, de 103 anos, não estará presente por razões de saúde, mas na antestreia estarão os atores
Luís Miguel Cintra,
Claudia Cardinale e
Michael Lonsdale, disse à agência Lusa o produtor
Luís Urbano.

Além destes dois filmes, em Veneza será ainda exibido
«Tabu», de
Miguel Gomes, por ser um dos candidatos do Prémio Lux de Cinema Europeu 2012, atribuído pelo Parlamento Europeu.

À margem do festival de Veneza, passará a curta-metragem
«North Atlantic», de
Bernardo Nascimento, uma das dez curtas finalistas do Your Film Festival, lançado no Youtube.

Os dez filmes desta competição serão avaliados por um júri internacional que inclui o realizador
Ridley Scott e o ator
Michael Fassbender. O vencedor receberá 400 mil euros para poder produzir uma longa-metragem.

«Independentemente de quem ganhar aquele prémio, é muito importante poder estar em Veneza, porque estarão presentes vários profissionais de cinema, produtores e realizadores, e é possível conseguir alguma coisa lá», disse Bernardo Nascimento, de 36 anos, à agência Lusa.

Bernardo Nascimento apresentará também o projeto para a sua primeira longa-metragem, com o título provisório
«Ocean Size».

O festival de Veneza, um dos mais antigos na Europa, abrirá com o filme
«The Reluctant Fundamentalist», da realizadora
Mira Nair.

Da competição, que integra 18 filmes, fazem parte, por exemplo,
«To the Wonder», o novo filme de
Terrence Malick,
«Passion», de
Brian De Palma,
«Something in the Air», de
Olivier Assayas, e
«Thy Womb», de
Brillante Mendoza.

A disputar o Leão de Ouro estarão ainda
«Outrage Beyond», de
Takeshi Kitano,
«Bella Addormentata», de
Marco Bellocchio, e
«The Master», de
Paul Thomas Anderson.

O diretor do festival afirmou à agência France Presse que, em Veneza, estarão atores e atrizes como
Isabelle Huppert,
Jeanne Moreau,
Marisa Paredes, Ben Affleck,
Javier Bardem,
Gérard Depardieu,
John Malkovich e
Robert Redford.

Fora de competição,
Spike Lee apresentará o documentário
«Bad 25», sobre o 25.º aniversário da edição de
«Bad», álbum de
Michael Jackson.

O realizador norte-americano Michael Mann presidirá ao júri que vai atribuir o Leão de Ouro.

O festival termina no dia 8 de setembro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.