O ator Jason Bateman, nomeado para os prémios Emmy, foi homenageado com uma estrela no Passeio da Fama de Hollywood esta quarta-feira, 30 anos após fazer filmes como "Lobijovem 2".

Jennifer Aniston, que fez cinco filmes com Bateman, e Will Arnett, o seu colega de elenco na série "Arrested Development", fizeram discursos em sua homenagem.

"Apenas me sinto muito, muito grato e sortudo de ter tido a oportunidade de fazer o meu trabalho num negócio que não é conhecido pela sua longevidade", afirmou o ator de 48 anos.

Tenho sorte de "poder trabalhar com pessoas que não apenas me ensinaram muito, mas de ter encontrado nelas amigos que mudaram a forma como vejo o mundo", acrescentou.

Bateman foi nomeado para o Emmy pelo seu papel como Michael Bluth em "Arrested Development" em 2005, quando a série foi transmitida na Fox, e em 2013, quando foi exibida na Netflix.

Pai de dois filhos, Bateman fez a sua estreia na televisão aos 12 anos na série da NBC "Uma Casa na Pradaria".

Bateman contracenou com Jennifer Aniston em "Chefes Intragáveis" (2011) e na sequela (2014), além da comédia romântica "A Troca", de 2010. Também apareceram juntos em "Separados de Fresco" (2006) e 10 anos depois em "Festa de Natal da Empresa".

"Ter longevidade neste meio não é fácil, principalmente quando se começa como criança", declarou Aniston, de 48 anos. Ela também o descreveu como um "fantástico 'parceiro no crime'" e um "querido amigo".

"Ele é o homem mais carinhoso para se ter por perto. Ele sempre faz ligações profundas, dá total atenção, é autêntico e deu-me as melhores risadas que consigo recordar", concluiu.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.