É o preço do sucesso: John Wick vai continuar a matar no cinema, mas muito mais do que se esperava.

Esta quinta-feira (6), o estúdio Lionsgate confirmou que Keanu Reeves não vai entrar apeneas em mais um filme, mas dois e serão feitos um a seguir ao outro.

Antes só tinha sido confirmado o quarto filme, com estreia marcada para 27 de maio de 2022 (e não na mesma altura em 2021 como foi anunciado inicialmente porque Keanu Reeves estava ocupado a filmar "Matrix 4").

A saga sobre o reformado assassino contratado apaixonado pelo seu cão tornou-se um inesperado sucesso na fase mais recente da carreira de Keanu Reeves e uma autêntica "mina" de dinheiro para o estúdio.

Apostando em cenas brutais de ação feitas com duplos e não por computador, a saga quase artesanal e de orçamento mais modesto do que outras em Hollywood foi conquistando mais espectadores a cada novo filme desde 2014.

O primeiro filme foi um sucesso comercial modesto, mas conquistou mais público no mercado de vídeo. Esse impacto foi tão grande que quando chegou a sequela, dois anos mais tarde,  as receitas de bilheteira duplicaram, confirmando que "John Wick" se tinha tornado um fenómeno de culto.

Inicialmente, o estúdio anunciou então que a saga terminaria como uma trilogia, mas mudou de ideias: o final de "John Wick 3: Implacável", que chegou aos cinemas em 2019 e teve mais sucesso do que os capítulos anteriores, anuncia a promessa de vingança.

Com 306 pessoas em três filmes, John Wick também já fez uma matança no cinema maior do que Jason Voorhees ("Sexta-Feira 13") e Michael Myers ("Halloween"), dois dos mais icónicos vilões dos filmes de terror dos anos 80.... combinados.

Está ainda anunciada uma série de TV inspirada pelo mesmo sub-mundo: "The Continental", o nome do hotel "santuário" dos assassinos.

RECORDE O TRAILER DE "JOHN WICK 3".

" duration="" /]

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.