Sem novos projetos à vista, as irmãs Wachowski decidiram colocar à venda os seus escritórios de produção em Chicago.

Após o sucesso gigantesco da trilogia "Matrix", a dupla investiu 6.8 milhões de dólares na compra e renovação de um gigantesco edifício com materiais sustentáveis e usaram-no na última década como estúdio de pré-produção, pós-produção e efeitos especiais dos seus últimos filmes: "Speed Racer", "Cloud Atlas" e "Ascensão de Júpiter".

Todos foram fracassos de bilheteira e o de "Ascensão de Júpiter", com Channing Tatum e Mila Kunis, essencialmente forçou as irmãs Wachowski a deixarem de parte novos projetos no grande ecrã, como uma versão moderna da história de Robin Hood e um filme à volta de "gravações descobertas" da Guerra do Iraque, no mesmo registo popularizado por "Nome de Código: Cloverfield".

A dupla virou-se então para "Sense 8", mas após a Netflix ter cancelado a série chegou-se a esta encruzilhada e as informações não são promissoras: o edifício está à venda por um preço ligeiramente abaixo dos cinco milhões e a mulher de Lana Wachowski  disse que o seu "espaço de sonho" está a fechar porque não estão previstas novas produções.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.