Valerie Plame é exposta como agente da CIA por oficiais da Casa Branca alegadamente com o objectivo de desacreditar o seu marido, Joseph Wilson, que escreveu um artigo de opinião no «New York Times» em que acusava a administração Bush de manipular informação sobre armas de destruição massiva para justificar a invasão do Iraque.

O novo filme de
Doug Liman recria o escândalo político que rebentou em 2003 e que veio a ficar conhecido como o «Plame affair», e baseia-se essencialmente no livro de memórias que Valerie Plame escreveu, sugestivamente intitulado «Fair Game: My Life as a Spy, My Betrayal by the White House».

Naomi Watts e
Sean Penn interpretam o casal protagonista e a película foi a única norte-americana a integrar a Competição Oficial do último Festival de Cannes. Doug Liman, o realizador, dirigiu, entre outros filmes, a primeira fita de Jason Bourne,
«Identidade Desconhecida», e a comédia de acção
«Mr. e Mrs. Smith».

O filme tem estreia prevista em Portugal para 21 de Outubro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.