O papel do actor em
«O Wrestler» foi uma ressurreição inesperada e de peso, após anos de afastamento cujas causas são amplamente conhecidas: disputas com patrões da indústria cinematográfica, problemas com a lei e uma carreira falhada no boxe profissional.

Apesar de Rourke ter já vencido o Globo de Ouro pela sua interpretação e de ser apontado, ao lado de Sean Penn, como um dos favoritos para sair vencedor dos Óscares, o actor acredita que a vitória lhe passará ao lado como consequência dos anos carregados de comportamentos insuportáveis.

Mickey Rourke não revela, aliás, qualquer tipo de hesitação quando prevê a sua derrota:

«O prémio é votado por pessoas na indústria cinematográfica e, no passado, eu causei problemas a todas elas. Era muito bom nisso. Fazia isso naturalmente.
Estupidamente, disse que representar não era um trabalho para um homem a sério. Ameacei produtores, tratei mal realizadores, esqueci o nome do meu agente. Queimei mesmo as minhas hipóteses. E as pessoas têm uma memória longa.»

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.