Em 2013, "A Vida de Adèle" fez história pois ganhou a Palma de Ouro do Festival de Cannes e foram entregues três: uma para o realizador Abdellatif Kechiche e duas para as atrizes protagonistas, Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux.

Agora, de acordo com o The Hollywood Reporter, o realizador está a fazer um leilão da sua Palma para financiar a pós-produção do seu próximo filme, "Mektoub Is Mektoub".

A razão para isso foi para evitar uma paralisação forçada: já acabou a rodagem do filme e agora decorre a fase de montagem, mas o banco que financiava a produção bloqueou o crédito.

"Para conseguir os fundos necessários para a conclusão da pós-produção sem mais atrasos, a empresa de produção e distribuição francesa e Quat’Sous está a leiloar memorabilia de cinema relacionada com o trabalho de Kechiche. Os artigos que vão ser oferecidos vão desde a Palma de Ouro (Festival de Cannes de 2013) aos quadros de óleo que desempenharam um papel central em 'A Vida de Àdele', explica o comunicado oficial.

Um filme sobre um argumentista cujas vidas pessoal e profissional chocam quando visita a sua aldeia local, "Mektoub Is Mektoub" é precisamente o primeiro trabalho de Abdellatif Kechiche desde "A Vida de Adèle". No elenco estão Lou Luttiau, Shain Boumediene e Ophelie Bau.

O realizador planeou-o como um filme e durante a produção dividiu-o em duas partes, o que causou disputas contratuais com a televisão francesa, um dos pilares de financiamento da produção cinematográfica naquele país.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.