Rob Lowe garante que o filme para a Netflix "Holiday in the Wild" teve mais espectadores na plataforma do que "O Irlandês", o épico de Martin Scorsese que deverá ser um dos principais candidatos aos Óscares.

A revelação surgiu quando lhe foi perguntado se preferia trabalhar em séries de streaming em vez dos canais de televisão convencionais.

"Acabei de fazer um filme para a Netflix que foi o número 1 que tiveram. Um pequeno filme estúpido de Natal do elefante e bateu... ora toma, Martin Scorsese", revelou durante as entrevistas organizadas pela Associações de Críticos de Televisão.

O ator não revelou quais os números que tem.

Ted Sarandos, o responsável máximo da Netflix, revelou que "O Irlandês" foi visto por mais de 26 milhões de contas durante a primeira semana na plataforma (a medição é feita desde que seja visto 70% do filme ou série).

Após três semanas em alguns cinemas, o "thriller" com Robert DeNiro, Al Pacino e Joe Pesci fez a estreia na plataforma a 27 de novembro.

Trata-se de uma épica saga sobre o crime organizado nos Estados Unidos do pós-guerra contada através da personagem de Frank Sheeran, veterano da Segunda Guerra Mundial convertido em assassino a soldo da Máfia, que trabalhou juntamente com algumas das mais notórias figuras do século XX.

Já a comédia romântica "Holiday in the Wild" foi lançada a 1 de novembro e junta Rob Lowe com Kristin Davis, uma das estrelas da série "Sexo e a Cidade".

Conta a história de Kate (Davis), uma típica nova iorquina que decide organizar uma segunda lua de mel com o marido após o filho de ambos ir para a universidade. Quando o marido prefere subitamente acabar com o casamento, ela acaba por ir sozinha para um safari em África e ajuda o seu guia (Lowe) a salvar um bebé elefante órfão. Apesar de estar longe dos luxos de Nova Iorque, Kate apaixona-se pelo que a rodeia em África e descobre que isso pode incluir o homem com quem está a partilhar a viagem.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.