O concerto que integrará um manuscrito daquele compositor do século XVI é uma peça do espólio da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra e foi transcrito para ser apresentado, pela primeira vez, neste ciclo, que se realiza no âmbito da atividade do Coro Sinfónico Inês de Castro (na foto), disse Artur Pinho Maria, diretor artístico e maestro titular do coro.

Artur Pinho Maria falava numa conferência de imprensa, realizada ao final da manhã de hoje, na Câmara de Coimbra, para apresentação do programa da segunda edição do ciclo e na qual também participaram, designadamente, Manuel Machado e Carina Gomes, presidente e vereadora do município, respetivamente, Clara Almeida Santos, vice-reitora da Universidade de Coimbra (UC) e Isabel Horta e Vale, da Fundação Bissaya Barreto.

Aquele concerto, às 21:30 de 12 de abril, interpretado pela Cappella Musical Cupertino de Miranda / José Abreu, sob direção de Luís Toscano, será o único que terá lugar na Capela de São Miguel (vulgarmente conhecida por Capela da Universidade), com “enfoque no MM34 – Livro dos Defuntos [de Bernal], compilado na segunda metade do século XVI e preservado no Fundo Musical da UC”.

Os outros concertos realizar-se-ão na Sé Velha, igualmente na Alta de Coimbra, o primeiro dos quais – ‘Requiem a 6’, de Tomás Luís de Victoria – será interpretado pelo Viana Vocale, Coro da Academia de Música de Viana do Castelo, com direção de Vítor Lima.

A 5 de abril, o Coro Sinfónico Inês de Castro e a Orquestra do Norte, com Carla Caramujo (soprano) e Rodrigo Carvalho (baixo) e direção de Artur Pinho Maria, apresentarão ‘Nocturno em Sib menor’ (versão de Vasco Mendonça, para orquestra de cordas) e ‘Nocturno em Ré’ – Cantanhede/António Fragoso – e ‘Requiem Inês de Castro’, de Pedro Macedo Camacho.

Os dois restantes concertos do ciclo terão lugar em 16 de abril – ‘Requiem a 6’, de Duarte Lobo, pelo Coro Casa da Música (Porto), sob direção de Simon Carringtona – e em 18 de abril, em que o Coro Sinfónico Inês de Castro e a Orquestra do Norte, sob direção de José Maria Moreno, interpretarão ‘Requiem em Ré m, K. 626’, de Wolfgang Amadeus Mozart, sendo solistas Cristiana Oliveira (soprano), Ana Ferro (contralto), José Manuel Araújo (tenor), Luís Rodrigues (baixo).

“Projeto musical concebido pelo Coro Sinfónico Inês de Castro como forma de divulgar a música coral sinfónica, investindo na qualidade do programa, quer em termos das obras escolhidas, quer em termos dos seus intérpretes”, o ciclo tem em cada um dos seus concertos “uma experiência apelativa e irresistível”, sustentam os seus promotores.

Integrado na Semana Cultural, o ciclo conta com o apoio da Câmara de Coimbra e da Fundação Bissaya Barreto, entre outras entidades, numa parceria sem a qual a sua realização não seria possível, salienta Artur Pinha Maria.

Os ingressos para os concertos (dez euros cada um, 40 euros o conjunto dos cinco espetáculos) estão à venda, designadamente na Sé Velha e na cowork.coimbra (Rua da Casa Branca), em Coimbra.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.