Entre momentos de eletrónica contemplativa e pontuais acessos orquestrais (longe de pomposos), o alinhamento vai conseguindo envolver-nos sem adicionar nenhuma canção ao cânone (a lista de clássicos da dupla também é difícil de equiparar ou suplantar, convenhamos). Não que não haja episódios inspirados: "Everything Means Something" é talvez o melhor, com um ambiente tão onírico como sinuoso que acompanha uma discussão (cuja leitura poderá ser feita a partir de uma esfera mais pessoal ou universal).
"Leaving" e "Invisible", boas portas de entrada para o disco, provam que os Pet Shop Boys continuam hábeis cronistas da relações amorosas (tanto no relato de uma separação como no dos dissabores da rotina). "Give It a Go", onde nos dizem que mais vale estar estar razoavelmente bem acompanhado do que só, reforça essa impressão com um travo mais luminoso. Noutro comprimento de onda, "A Face Like That" deixa uma ode à beleza física contaminada por reminiscências Hi-NRG, num dos poucos temas dançáveis de "Elysium".

Por outro lado, o cinismo de "Ego Music", canção em que os Pet Shop Boys atiram farpas ao culto das celebridades, esbarra na carga idealista de "Hold On", hino por um mundo melhor que parece pertencer a outro disco (como uma daquelas compilações em que boas intenções não equivalem a boas canções). E por vezes, mais por alguns detalhes do que por faixas no seu todo, "Elysium" arrisca-se a passar por música de fundo de beberetes chiques, com a dupla a cair num ambiente mais ameno do que aquele a que nos habituou - e que continuamos a preferir. Nada que nos leve, de qualquer forma, a reagir ao disco com o sarcasmo que os Pet Shop Boys expõem em "Your Early Stuff", comentário ácido a certos veteranos da pop expresso em versos como "You've been around/ And you don't look too rough/ But I still quite like/ Some of your early stuff". Até aqui, embora não seja sempre brilhante, esta ainda é das bandas que nos impedem de ceder ao saudosismo, a tábua de salvação (tão em voga) de muitos dos seus contemporâneos.

@Gonçalo Sá

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.