De acordo com o site do jornal britânico The Sun, o rapper estava bastante agitado, aparentemente devido aos atrasos sucessivos do voo que faria a ligação entre o aeroporto de Heathrow, Reino Unido, e de Lisboa, devido a um problema técnico, e acabou por descarregar a raiva num dos membros da tripulação.

Ainda segundo o site do The Sun, depois de agredir verbalmente uma das assistentes de bordo, Dizzee Rascal foi retirado do voo da British Airways, tendo sido por isso obrigado a cancelar o concerto marcado para o festival Optimus Alive.

O rapper, cujo nome de nascimento é Dylan Mills, poderá agora ser proibido de utilizar a companhia aérea britânica para o resto da vida.

De acordo com o porta-voz de Dizzee Rascal, o rapper ficou “muito desapontado” por não ter conseguido atuar em Portugal.

O concerto de Dizzee Rascal estava marcado para as 22:45 de sábado no palco Super Bock.

O rapper britânico foi depois substituído pelos portugueses Diabo na Cruz.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.