De acordo com os responsáveis da Ritmos, o evento - que recebeu, na edição deste ano, cerca de 23 mil pessoas por dia - irá decorrer entre 28 e 31 de Julho do próximo ano.

Nomes para o cartaz não serão, contudo, adiantados nos próximos tempos, à excepção da banda de Tom Yorke, Radiohead, cuja presença no evento é, desde já, dada como “mito”. Segundo a organização do festival, os 750 mil euros que pedem por actuação, serão demasiado, perante um orçamento disponível de dois milhões de euros, que tem, obrigatoriamente, de contemplar a totalidade das festividades.

Também em conferência de imprensa, a Ritmos fez um balanço muito positivo desta edição. “Penso que fizemos, mais uma vez, história, com os melhores concertos do passado recente, dos últimos três anos”, revelou João Carvalho, avançando, igualmente, com a possibilidade de recuperação do Palco Ibero Sounds para 2010, abolido este ano por questões financeiras.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.