“Ainda estou a lutar para entender como é que o meu amor e melhor amiga pode acabar com a sua vida desta forma tão trágica. Passámos muitos anos maravilhosos juntos e críamos uma vida incrível para nós. Ela tinha uma grande presença e o seu talento era muito admirado, não menos por mim. Têm-me tocado os tributos que as pessoas lhe prestaram, bem como as mensagens pessoais de apoio que tenho recebido. Nunca a irei esquecer, Mick”, escreveu na sua página de Facebook, acompanhando o tributo com a seguinte imagem:

Após terem cancelado o primeiro concerto da digressão dos Rolling Stones pela Austrália e Nova Zelândia, agendado para hoje, em Perth, seguiu-se o cancelamento das restantes datas, que também ia passar por Adelaide, Sydney, Melbourne, Macedon, Brisbane e Auckland. De acordo com a banda, novas datas serão agendadas para aquelas cidades.

“Os Rolling Stones têm muita pena e estão muito desapontados em anunciar o adiamento do resto da sua digressão 14 ON FIRE pela Austrália e Nova Zelândia, na sequência da morte de L’Wren Scott. O Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood desejam agradecer a todos os seus fãs o seu apoio nesta altura difícil e esperam que eles compreendam completamente a razão deste anúncio. Os Rolling Stones planeiam reagendar estes concertos adiados para uma data posterior”, pode ler-se num comunicado divulgado pela banda na sua página de Facebook.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.