O músico de 62 anos travava, há um ano, uma batalha contra o cancro do fígado.

Segundo a informação divulgada no portal de New Jersey, NJ.com, Clifford Adams não tinha seguro de saúde para cobrir as despesas médicas. Os colegas de banda, bem como a sua família e amigos, tentaram angariar dinheiro para um transplante de fígado, mas sem sucesso.

“Este era o meu amigo mais antigo e mais próximo. Se conhecessem o Cliff, conheceriam o seu sorriso contagiante e o seu espírito forte… Ele era movido pelos valores familiares e era um dos melhores trombonistas de todo o planeta. Andámos pelo mundo várias vezes, apenas a tocar. Ele adorava música e era um mestre da música. Ele ensinou-me imenso”, revelou Michael Ray, colega de Adams nos Kool & the Gang.

Cliiford Adams tocou, também, com os The Stylistics, Patti Labelle and the Bluebells e com a Duke Elligton Orchestra, ao longo da sua carreira. O trombonista editou, igualmente, dois álbuns a solo: “The Master Power” e “I Feel Your Spirit”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.