Quem o diz é Liam Howlett, que, em entrevista à Q magazine, revelou alguns detalhes do sucessor de “Invaders Must Die”, de 2009.

Segundo o músico, o novo disco do grupo, ainda sem título, é “totalmente orgânico”, “energia pura e violenta” – uma reação à música de dança que se ouve nos dias de hoje.

“A música de dança de todos os tipos faz-se à base de fórmulas. É do género: ‘Aqui está a parte de bateria, aqui está a construção’. Todos os DJs de treta e os tutoriais de merd* no Youtube. Este álbum é totalmente orgânico. Energia pura e violenta”, comentou.

Howlett adiantou ainda o nome de algumas faixas que farão parte do alinhamento do novo disco: Beyond The Death Ray, Nasty Nasty, Get Your Fight On, Wall Of Death, Rottweiler e Ibiza.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.