O projeto centrava-se na voz e na guitarra acústica e juntou há 20 atrás músicos de diferentes géneros musicais, como a pop, o jazz ou a música popular e, durante o seu tempo no ativo, lançou três discos.

"Nasce Selvagem" e "Um lugar ao sol", dos Delfins, "Não sou o único" e "Circo de Feras", dos Xutos & Pontapés, "Que amor não me engana", de Zeca Afonso, "Erva daninha", de António Variações, e "Amanhã é sempre longe demais", dos Rádio Macau, foram temas incluídos no repertório.

Para celebrar as duas décadas de Resistência, a formação original da banda volta a ser reunida para um concerto a ter lugar no Campo Pequeno, em Lisboa, a 19 de dezembro, às 21:00.

Os bilhetes custam 30 euros (camarotes) e 27 euros (bancada e plateia em pé).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.