Por isso, Paulo de Carvalho dedica todo o ano de 2012 a comemorar 50 anos de carreira pautados por espetáculos, edições discográficas, canções e participação cívica na sociedade.

No espetáculo que, desde Fevereiro, já passou por várias salas, como a Casa da Música (Porto), o Teatro Aveirense ou o Cine-Teatro São Pedro (Abrantes), o cantor e compositor revisita, com arranjos atuais, os grandes temas da sua vida musical, como «E Depois do Adeus», «Gostava dos Vos Ver Aqui», «Nini dos Meus Quinze Anos», «Dez Anos», «Prelúdio (Mãe Negra)», «Os Meninos de Huambo», «O Cacilheiro» ou «O Meu Mundo Inteiro».

Paulo de Carvalho será acompanhado por considerados grandes músicos de uma geração posterior à sua, o que contribui para o registo de modernidade que marca esta celebração. Em palco estarão Victor Zamora (piano), Tiago Oliveira (guitarra), Leo Espinoza (baixo), Ruca Rebordão (percussão), Marcelo Araújo (bateria) e, como convidados, Mafalda Sacchetti e Agir.

O tema que simbolicamente assinala o início da democracia em Portugal - «E Depois do Adeus» - marca para sempre o homem e o cantor, mas Paulo de Carvalho deu voz a muitos outros temas que várias gerações cantam de cor.

Ao longo de 50 anos, Paulo de Carvalho notabilizou-se como cantautor, deu voz a alguns dos mais notáveis poetas portugueses, dos quais se destacam Ary dos Santos, José Niza, Fernando Assis Pacheco ou Joaquim Pessoa, e compôs temas importantes para a história recente do fado, como «Lisboa Menina e Moça» e «Meu Fado Meu».

O preço dos bilhetes varia entre os 15 e os 25 euros, dependendo do local escolhido para assistir ao espetáculo no Teatro Tivoli.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.