"Quando chegou o tema 'Casa de Água', que eu adorei, e quando pensámos em dividir este disco em dois EP [‘Extended Play’], e reuni-los no álbum que sai dia 11, pensámos, 'Casa' que é de onde eu venho, dedicado ao fado tradicional e aos clássicos [do fado], e 'Água' leva-me para outras sonoridades", disse à agência Lusa Pedro Moutinho.

O criador de "Um Copo de Sol" referiu a sua vontade de "cantar outras coisas" sem ser exclusivamente fado.

"Eu adoro cantar fado e vou cantar fado até ao resto da minha vida e adoro cantar tradicionais, com isto não quer dizer que não gosto de cantar outras coisas e canções, para mim dá-me um gozo imenso", afirmou Pedro Moutinho.

"Não tenho de provar nada a ninguém, ando aqui há tantos anos; há dias tentei contar os fados tradicionais que já cantei e são à volta de uns quarenta", declarou.

Sobre a construção do álbum, o fadista disse: "O primeiro tema que me chegou às mãos foi o 'Carolina', que acabou por ser o primeiro single, mas depois comecei a juntar e a falar com os poetas, quem seriam as parcerias que eles gostavam; a Amélia Muge, por exemplo queria fazer uma parceria com o Mário Laginha, e também, como compositora, com o João Monge".

"As coisas acabaram por acontecer, a Carminho ligou-me a dizer que tinha feito uma música para um soneto de Florbela Espanca, 'Noite de Saudade', que eu agarrei logo, depois o Pedro de Castro e a Teresinha Landeiro, que fizeram 'Dança', que gostei muito e fiquei muito feliz".

O disco é constituído por nove temas: Amélia Muge, a autora e compositora que Pedro Moutinho mais tem cantado, assina a música do tema que dá título ao álbum, "Casa de Água", uma letra de João Monge, e assina a letra de "Algo que Esvoaça", que Mário Laginha musicou.

Teresinha Landeiro assina também dois temas, "A Viagem", que Pedro Moutinho gravou no Fado Magala, de Raul Portela, e "Dança", musicado por Pedro de Castro.

"Um Resto da Mouraria" (Carlos Conde/Martinho de Assunção) abre o alinhamento do álbum que inclui também "Imprevisto" (Maria do Rosário Pedreira/Fado Louco, de Alfredo Duarte Marceneiro), "Sem Volta" (Maria do Rosário Pedreira/Fado Solene, de Alberto Correia), "Noite de Saudade" (Florbela Espanca/Carminho), e "Carolina" (Francisca Cortesão/João Correia).

Pedro Moutinho apresenta o novo álbum, no domingo, às 19h00, no Novo Ático do Coliseu do Porto, e, no dia 13, às 19h00, no Museu do Fado, em Lisboa, sendo acompanhado nos dois espetáculos pelos músicos André Dias, na guitarra portuguesa, Pedro Soares, na viola, e Daniel Pinto 'Didi', no baixo.

"Casa de Água" sucede a "Fado em Nós" (2016) e é o sétimo álbum do fadista que se deu a conhecer, profissionalmente, em 1995, no Clube de Fado, em Lisboa, tendo sido distinguido com um Prémio Amália/Melhor Disco, em 2008.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.