A digressão, com produção a cargo de Ray Williams, começa com um espetáculo na igreja de S. Pedro em Ilfracombe, no condado de Devon, seguindo para Redhill, na área metropolitana de Londres, onde a banda atuaa no dia 1 de março, no Hellfire Club. Nos dias 2 e 3, os portugueses têm espetáculos em Londres, respetivamente no Purple Turtle Canden Town e no TBA.

Os Secret Lie são Sara Madeira (voz), Pedro Teixeira da Silva (violino), Tó Pica (guitarra), Nuno Correia (baixo), Adelino Duarte (voz e guitarra), Nuno Louro (piano) e Tiago Ramos (bateria).

Do alinhamento dos 10 espetáculos, além das canções do álbum de apresentação como “Love me until the end of time”, “Beautiful wild rose”, “I can be free” e “Sweet Sadness”, a banda deverá incluir “dois ou três temas novos”, disse à Lusa fonte da produção.

Da capital britânica os Secret Lie seguem para Nottingham, onde atuam no campus universitário no dia 4 de março, e no dia seguinte sobem ao palco do Old Ranway Music Centre, em Bolton, na região da grande Manchester, no norte de Inglaterra.

No dia 6 de março, os sons dos Secret Lie vão ouvir-se no Community Centre de Wakefield, no distrito de West Yorkshire; no dia seguinte, a banda atua no The Patriot, em Crumlin, no País de Gales, e continuando neste principado, toca no dia 8 de março no Static, em Swansea, encerrando a digressão no no TBA em Bristol, a sexta cidade mais populosa da Inglaterra, no dia 9 de março.

A banda portuguesa entrou na playlist de mais de 60 rádios internacionais e encontra-se no top do iTunes desde a sua estreia.

O grupo, um projeto de Pedro Teixeira Silva, de Os Corvos, surgiu em 2011. Atuou pela primeira vez em público em maio de 2012 e, no outubro seguinte, editou o disco de estreia, com produção de Gustavo Carvalho e “masterização” de Mário Barreiros.

A vocalista Sara Madeira é a única estreante nesta lides. Todos os outros elementos da banda têm experiências noutros projetos - Pedro Teixeira Silva e Cláudio Nunes vêm de Os Corvos, Tó Pica, entre outras bandas, dos “Ramp” e dos “Anti-Clockwise”, Adelino Duarte fez parte dos “Sunset 91 e Nuno Correia, dos Forgotten Suns.

O registo musical dos Secret Lie passa pelo Metal Sinfónico, Metal Gótico, pelo Rock Sinfónico e pelo Rock Alternativo.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.