Outra recriação é do fado "Eu nasci amanhã", um poema de Artur Ribeiro, mas que Paula Cristina interpreta com uma melodia original de Carlos Heitor da Fonseca, assim como "A Vida foge-me tanto", de João Dias, que interpreta no Fado Franklin de Quadras.

A maioria dos fados gravados são melodias tradicionais com poemas inéditos. No Fado Vianinha, de Francisco Viana, a fadista interpreta "Fado dos Desejos", um poema de José Manuel Machado, no Fado Tango, de Joaquim Campos, "Minha mãe de ninguém", do cancioneiro popular, no Margaridas, de Miguel Ramos, "Fado Ilusão", um poema de José Maria de Oliveira, com que abre o disco.

Entre os inéditos, música e letra, refira-se "Sonho lindo", de José Manuel Machado e Carlos da Fonseca, "Sexta, sábado e domingo", de José Maria de Oliveira, e "Fado Independente", de José M. Machado e Carlos H. da Fonseca.

A fadista é acompanhada pelos músicos Sérgio Costa, na guitarra portuguesa, Carlos Fonseca, na viola, Filipe Larsen, na vila baixo e em alguns temas por Pedro Bandeira no “cajón” (percussão flamenca de origem peruana).

@Lusa

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.