A novidade foi revelada pelo advogado da dupla, Howard E King, que, em entrevista à “Fox Business”, afirmou que Thicke e Pharrell iriam interpor um recurso, algo que “devem aos compositores de todo o mundo”.

“Nós devemo-lo aos compositores de todo o mundo, temos que nos certificar que este veredito não prevalece”, disse o advogado, que continuou: “Vamos exercer todos os recursos pós-julgamento a que temos direito, de forma a garantirmos que este veredito não prevalece. Só porque oito pessoas acham que duas canções são semelhantes não significa que elas sejam. Eu acho que esta é uma decisão horrível que vai afetar a cedência, ou não, por parte das editoras, dos fundos necessários para a nova música ser criada”.

O veredito, que considerou Robin Thicke e Pharrell Williams culpados de plagiar, em Blurred Lines, Got to Give It Up, foi entregue ontem, após uma semana de julgamento. Para o efeito, a acusação serviu-se de várias entrevistas dadas por Thicke e Williams sobre o sucesso, onde mencionavam diretamente o tema Got to Give It Up como inspiração.

Também Robin Thicke, Pharrell Williams e T.I. já se manifestaram sobre a sentença, emitindo o seguinte comunicado: “Apesar de respeitarmos o processo judicial, estamos extremamente desiludidos com a decisão hoje tomada, que estabelece um precedente horrível para a música e criatividade daqui para a frente. A Blurred Lines foi criada a partir do coração e das mentes de Pharrell, Robin e T.I. e não roubada a ninguém. Estamos a analisar a decisão, a considerer as nossas opções e irão ter novidades nossas acerca deste assunto brevemente”.

O pagamento de 7,3 milhões de dólares não irá afetar, contudo, T.I, nem a Star Trak/Interscope Records, que foram considerados pelo júri de oito elementos inocentes.

Recorde-se que Blurred Lines rendeu aos seus intérpretes – Thicke, Pharrell e T.I. - e respetivas companhias discográficas mais de 16 milhões de dólares. Ao primeiro foram pagos 5 658 214 dólares, tendo Pharrell Williams recebido 5 153 457 dólares. T.I. ganhou, por sua vez, 704 774 dólares com o tema.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.