A banda, criada enquanto espectáculo ao vivo, explora as possibilidades sonoras do cruzamento do silêncio com os mircossistemas melódicos que cada música introduz no espaço em perfeita harmonia, sob a batuta de Sei Miguel.

Estreado em Serralves, no final de Maio, “O Carro de Fogo de Sei Miguel” reúne em palco Sei Miguel (trompete, escrita e direcção), Pedro Gomes (guitarra), Rafael Toral (oscilador), André Gonçalves (sintetizadores), John Klima (baixo), Cesar Burago (percussão) e Luís Desirat (bateria).

Sei Miguel, compositor, arranjador, director e trompetista, nasceu em França anos 60 e radicou-se em Portugal no início dos anos 80.

Responsável pelo aparecimento de bandas como Moeda Noise, Septeto Sei Miguel ou Santos da Casa FM, Sei Miguel conta com 30 anos de carreira e nove discos editados, sendo considerado uma das grandes referências do jazz contemporâneo.

Colaborou com músicos de renome como o guitarrista Joe Morris, o manipulador de fita sonora Aki Onda e o histórico pianista Dave Burrell. Em 1992, integrou os Pop Dell’Arte, permanecendo na banda até meados da primeira década do século XXI.

Em “O Carro de Fogo de Sei Miguel” cruza o jazz, o rock e a electrónica, com o silêncio e os espaços que intermedeiam estes géneros musicais.

Os bilhetes para o espectáculo, à venda nos locais habituais, custam €6.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.