Wonder Woman, também conhecida em Portugal por Mulher Maravilha, foi escolhida para ser embaixadora honorária da ONU para a autodeterminação de mulheres e meninas, revelou a organização em comunicado.

A super-heroína da banda desenhada vai receber o título de embaixadora no próximo dia 21 de outubro, durante uma cerimónia com o atual secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, onde serão debatidos os objetivos globais sobre a igualdade de género e o empoderamento das mulheres. Diane Nelson, da DC Entertainment, também vai marcar presença no evento.

A história da heroína chega ao grande ecrã em 2017 e será protagonizada pela atriz israelita Gal Gadot. No filme, Chris Pine fará par romântico com Wonder Woman.

Wonder Woman foi criada em 1941 pelo psicólogo William Moulton Marston e tornou-se desde logo a mais célebre super-heroína da banda desenhada. Nos livros, é a Princesa Diana, uma amazona com poderes que empreende uma luta pela justiça e a igualdade.

A heroína nunca teve presença em cinema mas já surgiu várias vezes na televisão, não só em desenhos animados, como também em dois pilotos para séries que não viram a luz do dia (um em 1974 com Cathy Lee Crosby, outro em 2011 com Adrianne Palicki) e na popular série exibida originalmente nos EUA entre 1975 e 1979,  "Wonder Woman".

Recentemente, Greg Rucka, argumentista da DC Comics, revelou que, "obviamente", Wonder Woman teve relacionamentos com outras mulheres, algo que os fãs já suspeitavam. "Uma amazona não olha para a outra e diz 'tu és gay'. Elas não fazem isso. Esse conceito não existe. Agora, estamos a dizer que a Diana já esteve apaixonada e num relacionamento com outra mulher? Como eu e a Nicola (designer da série BD) mostramos, a resposta é obviamente sim", revelou Ricka.

Veja o trailer do filme com Gal Gadot que estreia em 2017:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.