"São dez anos de muito trabalho para divulgar o livro e a leitura, com atividades destinadas a públicos de diversas idades. Ou seja, alunos, população sénior e crianças de todo o concelho", explicou hoje a bibliotecária do município de Mogadouro, Marta Madureira, à agência Lusa.

Segundo a responsável, pelas estantes da Biblioteca Municipal Trindade Coelho (BMTC) estão distribuídos mais 20.000 títulos de vários géneros literários de acesso direto ao público, a que se juntam outros a de consulta "mais restrita".

"Temos uma boa coleção de livros de últimas edições e muito atualizados. As novidades que vão surgindo no mercado e que são do agrado dos nossos leitores são adquiridas, o que é também uma das nossas preocupações. Contudo, há outros livros, que já requerem outro tipo de autorização", vincou a responsável.

As novas tecnologias de informação são outra das ofertas da BMTC que são muito procuradas por miúdos e graúdos, para pesquisa ou lazer.

Ao longo de vários dias haverá um conjunto de actividades destinadas a vários públicos bem como o início de um círculo de conferências dedicadas à "Nossa História", iniciativa por onde vão passar diversos investigadores e escritores do território do Nordeste Transmontano.

A BMTC tem a seu cargo a guarda, em regime de comodato, do espólio do escritor Trindade Coelho, o acervo é propriedade do Museu Abade de Baçal.

"Ao longo desta última década temos tido muitos investigadores que vêm à biblioteca consultar o espólio de Trindade Coelho que está à nossa guarda. Por outro lado temos muitos visitantes que se deslocam a este espaço, principalmente nos períodos de férias para conhecer o espaço e a sua arquitetura" concretizou Marta Madureira.

Do espólio de Trindade Coelho faz parte um conjunto de objetos pessoais que vão desde manuscritos, jornais da época, que relatam a morte do escritor, passando por objetos pessoais e mobiliário utilizado pelo autor de "Os Meus Amores".

"Temos um conjunto diversificado de objetos pessoais tais como tinteiros, boquilhas para tabaco, canetas de aparo, correspondência da época trocada com grandes vultos da cultura portuguesa, como Camilo Castelo Branco ou Rafael Altamira", destacou a bibliotecária.

Trindade Coelho nasceu em Mogadouro, a 18 de junho de 1861, vindo a falecer em Lisboa, em 1908. Ao longo da sua curta vida foi escritor, magistrado e jornalista. O autor é reconhecido pelos investigadores "como um dos mestres do conto rústico português".

A biblioteca está dotada de sistema de conservação do seus arquivos e espólio à prova de fogo, situação que faz do equipamento um dos melhores da região transmontana.

Em fevereiro de 2015, a BMTC foi venceu o concurso " BibliotecaAtiva", através de votação nas redes socais e que teve por objetivo escolher "a mais bela" biblioteca municipal portuguesa, entre 200 candidatas.

"Desde então são muitas as pessoas que vêm dos mais diversos pontos do país para conhecer a biblioteca e a sua arquitetura", enfatizou Marta Madureira.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.