Esta, no entanto, não é a primeira vez que o "Boss" apoia o ex-vice-presidente norte-americano.

Em agosto, Springsteen permitiu a Biden usar a canção "The Rising" para acompanhar um vídeo divulgado no primeiro dia da convenção democrata.

O cantor também tem criticado publicamente o presidente Donald Trump, qualificando-o de "ameaça à nossa democracia".

No anúncio da campanha, Springsteen fala das raízes operárias de Biden em Scranton, Pensilvânia, estado-chave para a eleição.

"Scranton, Pensilvânia. Aqui o sucesso não vem de graça, forja-se com suor, coragem e determinação", disse o cantor, em referência velada a Trump, cujo pai, milionário, lhe cedeu boa parte da sua fortuna.

A mensagem termina com um excerto da canção "My Hometown", faixa do provavelmente mais popular álbum de Springsteen, "Born in the USA" (1984).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.