Carolina Deslandes editou esta quarta-feira um EP com novas canções e uma curta-metragem. O projeto "Mulheres" foi apresentado no Capitólio, em Lisboa, para assinalar o Dia Internacional Pela Eliminação da Violência Contra As Mulheres.

Os novos temas da artista já podem ser ouvidos no serviço de streaming. Já a curta-metragem de "Mulher", em que se pode ouvir as novas canções e assistir à ficção escrita, narrada e protagonizada por Carolina Deslandes, está disponível no MEO Videoclube e no Youtube - veja aqui.

Segundo a artista, o projeto "representa várias gerações de mulheres vítimas de violência doméstica. "É um murro na mesa. Eu não sou parva, estou aqui e eu ouço. Se querem falar de mim, vão ter de falar de mim por um motivo social", acrescenta a cantora em conversa com SAPO Mag.

Veja a entrevista:

Da autoria de Carolina Deslandes, a curta-metragem foi realizada por Filipe Correia dos Santos. Já Pedro Caldeirão foi o produtor.Maria Manuela, Paloma Rodhner, Bárbara Rodhner, Filipe Crawford, Diogo Clemente e David Saraiva são alguns dos atores do elenco.

O lançamento tem o apoio do MEO que "irá amplificar esta causa". "Sob o mote #NãoFiqueÀEspera, o MEO associa-se a este projeto com o objetivo de consciencializar os portugueses para esta forma de abuso", frisa o comunicado.

"É uma mensagem muito importante num dia muito importante, o Dia Internacional Pela Eliminação da Violência Contra As Mulheres", frisa João Epifânio, administrador do Segmento de Consumo da Altice Portugal/MEO, ao SAPO Mag. "O MEO tem de assumir riscos, tem de assumir causas e assumir aquilo que são os desígnios de uma sociedade melhor. Por isso, estamos nesta iniciativa com a relevância de quem toca mais de sete milhões de pessoas diariamente, através dos nossos serviços. Entre esses sete milhões, estão agressores, vítimas, polícias, magistrados, políticos, pessoas comuns e anónimos que muitas vezes fazem as denúncias", acrescenta.

"Hoje é o tempo dos conteúdo. Falamos muitos das séries, dos filmes... hoje, uma mensagem precisa de mais substância, precisa de apelar a mais sentidos do que apenas a audição. Aqui temos a voz, um fortíssimo acompanhamento visual e muito bem trabalhado pela realização e produção desta curta-metragem. E, obviamente, a voz inconfundível da Carolina, com canções extremamente emotivas", sublinha João Epifânio.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.