A celebração da carreira de Dina não poderia ter corrido melhor. Com o Teatro São Luiz completamente esgotado, os cantores da nova geração recordaram os principais temas da carreira da cantora e o público entrou no espírito da viagem sem hesitações. E nem Pedro Passos Coelho faltou à festa.

As cortinas abriram com "Dinamite", com todos os convidados em palco. Depois, a solo e acompanhados, B Fachada, Samuel Úria, Márcia, Mitó, Ana Bacalhau e Da Chick seguiram viagem pelos temas de "Dinamite", primeiro álbum de Dina, editado em 1982.

[Veja aqui a entrevista a Dina antes do concerto no Teatro São Luiz]

Depois de Márcia recordar "Nem Mais", e com o Teatro São Luiz esgotado, Dina surpreendeu ao subir a palco para interpretar "Carregado do Sal", acompanhada por Úria, Fachada e Mitó.

No final do tema, a cantora e compositora foi surpreendida por amigos dos tempos do liceu.

"Guardo em Mim" por Samuel Úria e "Amar Sem Aviso" por Márcia, foram os temas que se seguiram no alinhamento. Depois, Ana Bacalhau voltou a palco para cantar "Há Sempre Música Entre Nós", um dos temas mais marcantes da carreira de Dina.

O concerto de celebração ganhou um novo fôlego com a atuação de Tochapestana e Mitó, artistas que interpretaram "Pássaro Doido". O voo seguiu com Alex D'Alva e Ben Monteiro, os D'Alva, que conseguiram pôr o público todo a dançar ao som de "Pérola, Rosa, Verde, Limão, Marfim" (1983), depois de terem interpretado uma versão de "Depois Não Digas".

A viagem pelas canções que marcaram a carreira de Dina continuou com Da Chick que reinventou o tema "Aqui Estou".  Os Best Youth também marcaram presença no concerto para interpretar "Ouve Vamos nós Fazer" e "Estar onde Estás".

B Fachada e Samuel Úria voltaram a palco para interpretar "Amor de Água Fresca", o maior sucesso da cantora e compositora. Aos primeiros acordes, o público entrou no ritmo e cantou a uma só voz o tema que vencedor do Festival da Canção.

Apesar das limitações na voz, Dina voltou novamente ao palco do Teatro São Luiz para cantar "Aguarela de Junho". A cantora aproveitou, ainda, o momento para agradecer a ajuda de todos, sublinhando que começa agora uma nova fase da sua vida.

Os aplausos do público convenceram a artista a cantar mais um tema. "Lisboa até Ser Dia" foi a canção sugerida pelos espectadores que cantaram com Dina a uma só voz.

No final da viagem, todos os convidados voltaram ao palco para, juntamente com Dina, cantarem e dançarem "Dinamite", tema que deu nome ao primeiro disco da cantora.

Esta quinta-feira, 24 de março, o concerto de celebração da carreira de Dina sobe ao palco do Teatro Rivoli, no Porto.

Veja as fotografias do concerto:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.