Os empresários do grupo BTS, um dos grupos mais populares do mundo, anunciaram no fim de semana que a boy band coreana doou um milhão de dólares para o movimento antirracista nos Estados Unidos e em outros países.

"Somos contra a discriminação racial. Condenamos a violência", afirmou o grupo numa mensagem publicada no Twitter e partilhada por milhares de fãs.

A relação estreita dos BTS com os fãs - que inclui selfies, vídeos e mensagens nas redes sociais (em coreano e em inglês) - contribuiu para criar um movimento mundial que reúne milhões de fãs e que os cantores chamam de "exército".

O anúncio da doação dos BTS provocou a criação da hashtag #MatchAMillion ("IgualarUmMilhão") e um grupo de fãs, chamado "One in an Army", iniciou a campanha de angariação de fundos.

Esta segunda-feira, o grupo "One in an Army" anunciou que 35 000 doadores prometeram doar quantias que ajudarão a alcançar um milhão de dólares.

Os BTS (abreviação de Bangtan Sonyeondan) são um dos maiores fenómenos musicais do mundo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.