O último trabalho da banda de 'rock' britânica, “Blue & Lonesome” (2016), não era um álbum de canções originais, e incluía antes versões de músicas de artistas de ‘blues’ como Slim Harpo, Buddy Johnson, Muddy Waters e Little Walter.

Num vídeo partilhado no seu canal oficial do Youtube, o guitarrista dos Rolling Stones revela que o sucesso do último disco os apanhou “um pouco de surpresa” e que leva à “questão inevitável do volume dois”.

Keith Richards diz que não acha que a banda esteja interessada em seguir imediatamente esse caminho, mas não descarta a possibilidade de voltar aos ‘blues’ no futuro.

“Não era preciso torcerem-me o braço para fazer mais daquilo. É tão divertido de gravar, e há muito mais de onde aquilo veio”, explicou o guitarrista, salientando que o álbum tinha servido de propulsor à energia da banda.

Os Rolling Stones, que deram o primeiro concerto em 1962, estiveram pela última vez em Portugal em 2014.

A primeira formação incluia Mick Jagger (voz), Keith Richards (guitarra), Brian Jones (guitarra), Mick Avory (bateria) e Mick Taylor (baixo).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.