O corpo estará até sábado de manhã em câmara ardente na Basílica da Estrela, em Lisboa, e sairá às 10:30 para o cemitério dos Olivais, onde será cremado.

Raul Calado traduziu os primeiros livros sobre jazz publicados em Portugal, foi gerente do Hot Clube de Portugal na década de 1950, pertenceu ao júri do popular programa "A Visita da Cornélia", que fez sucesso na RTP na década de 1970.

Na página de Internet do projeto "Mensageiros do Jazz", da Universidade de Aveiro, refere-se que Raul Calado, que também trabalhou em publicidade, publicou artigos de opinião na imprensa portuguesa.

Em plena ditadura, criou o Clube Universitário de Jazz de Lisboa, que acabou por ser fechado pela polícia em 1961, três anos depois de começar.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.