"Depois de mais de um ano a lidar com um problema de saúde que se tornou irreversível, o nosso companheiro e amigo finalmente partiu", pode ler-se no comunicado.

A par do falecido Daniel Rabinovich, Mundstock foi a principal referência dos Les Luthiers.

O artista afastou-se dos palcos em janeiro, quando foi informado que deveria estar em "repouso, continuar o seu tratamento e realizar posteriormente o processo de reabilitação".

No comunicado, os colegas não revelaram a doença que afetou Marcos Mundstock. Segundo a imprensa argentina, o humorista morreu como consequência de um cancro.

"Ficaremos com a memória das suas piadas diárias, rápidas e assombrosamente geniais, prontas para nos dar uma faísca de alegria em todos os momentos, nos bons e mais", recordaram os Les Luthiers no comunicado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.