Os Orchestral Manoeuvres in the Dark (OMD) atuam esta sexta-feira, 16 de fevereiro, na Aula Magna, em Lisboa, na apresentação do álbum "The Punishment of Luxury", editado no ano passado.

Os britânicos pediram uma banda portuguesa para assegurar a primeira parte e os Balla foram os escolhidos para uma noite que se encontra quase esgotada, anunciou a promotora do concerto.

A discografia do projeto de Armando Teixeira conta com seis discos de originais ("Balla", "Le Jeu", "A Grande Mentira", "Equilíbrio", "Canções" e "Arqueologia"). Pelo meio, os Balla uma coletânea ("Resumo") e um disco com remisturas ("Balla Redux").

Os OMD atuaram pela primeira vez em Portugal em 2016 no Festival de Vilar de Mouros. Antes, chegaram a ter um concerto marcado em 2013, em Cascais, mas foi cancelado por problemas de saúde de um dos membros, o baterista Malcolm Holmes, que abandonou a banda pouco depois.

"The Punishment of Luxury" é o 13º álbum de carreira dos OMD e todos os temas foram compostos por Andy McCluskey e Paul Humphreys, os dois músicos que se mantêm desde os primeiros tempos do grupo e sobreviveram à separação de quase uma década, entre 1996 e 2006.

Sendo uma das bandas da pop eletrónica de finais de 1970, os OMD tiveram sobretudo sucesso na década de 1980, com canções como "Enola Gay", "Souvenir", "Electricity" e "Joan of Arc".

"Isotype" foi o primeiro tema retirado do novo álbum, "The Punishment of Luxury", com o qual ao grupo tem andado em digressão pela Europa e Estados Unidos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.