Raquel Tavares, uma vozes do fado contemporâneo, estreia-se em nome próprio nos Coliseus em abril. A cantora vai apresentar o seu último disco de estúdio, "Raquel", a 21 de abril em Lisboa e, no dia seguinte, no Porto.

"Vou concretizar um dos maiores sonhos da minha vida. Cantar nos Coliseus de Lisboa e Porto. Precisamente 20 anos depois de ter pisado o palco do Coliseu de Lisboa pela primeira vez na Grande Noite do Fado (1997), apresento o disco 'Raquel', num concerto que no último ano me tem dado tantas alegrias, juntamente com a equipa que me acompanha e que vive tudo isto tanto quanto eu. É enorme a emoção e poucas as palavras para a descrever. Sei que serão duas noites mágicas que ficarão guardadas em mim para sempre, como aquela noite há 20 anos atrás", confessa Raquel Tavares.

"Raquel", sucessor do disco "Bairro" (2008), foi produzido por Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt. Para o disco, a fadista juntou alguns dos principais compositores da lusofonia moderna, como Caetano Veloso, Mallu Magalhães, Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz e Tiago Bettencourt, a nomes marcantes da história da música, como Alfredo Marceneiro ou Pedro Homem de Mello.

Os bilhetes para os concertos nos Coliseus serão colocados à venda sábado, 29 de janeiro, às 10h00, nos locais habituais.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.