Domingo à noite é quase sempre sinónimo de uma ligeira depressão, já que o fim de semana está no fim e é preciso encarar mais uma semana de trabalho. Mas a noite deste domingo, dia 24 de março, foi diferente para as centenas de pessoas que se juntaram no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, para fazer uma "visita" a Silva.

O músico brasileiro está em digressão por Portugal para apresentar o seu último disco, "Brasileiro". A caminhada começou na passada quinta-feira, dia 21 de março, com dois concertos na mesma noite (21h00 e 23h00) na Casa da Música. Na próxima semana, o cantor atua no Capitólio, em Lisboa, nos dias 28, 29 e 30 - todas as noites, Silva fará duas sessões, que já se encontram esgotadas.

O concerto no Teatro Sá da Bandeira foi um dos últimos a ser anunciado, o que deixou muitos dos fãs felizes. A sala da cidade Invicta encheu-se de portugueses e brasileiros, todos juntos pela música de Silva, que se focou essencialmente no seu último álbum.

silva
créditos: TIAGO DAVID

Os temas de "Brasileiro" foram o prato principal do concerto em formato acústico - em palco, o músico esteve apenas acompanhado por um baterista, mas foi abraço por todos os fãs, que foram fazendo coro a uma só voz.

"Carinhoso", de Pixinguinha, foi o tema escolhido pelo músico para o arranque do concerto. Seguiu-se "Let Me Say", "Guerra de Amor", "Feliz e Ponto" e "Que Maravilha", espalhando amor e sorrisos pelo Teatro Sá da Bandeira.

A felicidade na voz de Silva seguiu com "Prova dos Nove", tema do disco "Brasileiro". E continuou com "Bem Que Se Quis", "Sonhos", "Milhões de Vozes", "Um Girassol Da Cor Do Seu Cabelo" e "Beija Eu".

Depois de "Flor de Cerrado", Silva revelou que este ano foi pela primeira vez ao Carnaval de Salvador, no Brasil, e recordou que teve a oportunidade de subir ao trio eléctrico de Daniela Mercury. Para todos os que encontraram um amor de Carnaval, o músico dedicou "Aquele Frevo Axé",  tema popularizado por Caetano Veloso e Gal Costa.

"Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo", "Infinito Particular", "Júpiter" e "A Cor É Rosa" fecharam a primeira parte do concerto. Antes do adeus final, Silva voltou a palco para "Fica Tudo bem" e despediu-se com "Canta Canta, Minha Gente".

Durante quase duas horas, Silva partilhou amor, sorrisos e alegria com as centenas de fãs que encheram o Teatro Sá da Bandeira. Foi uma noite "feliz e ponto".

SILVA
créditos: TIAGO DAVID

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.