Por motivos de saúde, Zé Amaro foi obrigado a deixar um concerto a meio em Guifões, em Matosinhos, na madrugada de ontem, dia 12 de junho. A informação foi avançada pela imprensa local.

Em comunicado, o músico revelou que se irá afastar dos palcos, não tendo data prevista de regresso. Os concertos agendados na região do Tâmega e Sousa foram cancelados, avança o jornal A Verdade.

"A paragem é inevitável, e nesta fase da minha vida, preciso de absoluto repouso, agradeço a compreensão e o carinho de cada um de vocês", escreveu o cantor popular na sua página no Facebook esta quarta-feira, dia 19 de julho.

À revista TV 7 Dias, o músico revelou que luta contra uma insuficiência hepática. "A paragem forçada dos espectáculos deve-se ao facto de aproximadamente há um ano lhe ter sido administrada [num hospital] uma medicação que lhe provocou a intoxicação do fígado", revela um representante do cantor à publicação.

"Durante estes meses, ele tentou ao máximo realizar os muitos espetáculos agendados, [mas] agora tem de priorizar a sua saúde. Só retornará aos palcos quando a sua equipa médica assim o permitir, o que de momento é, de todo, impossível", acrescenta Xavier Mota.

À revista, o agente do artista deixa uma mensagem aos fãs: "Ele agradece a compreensão de todos os milhares de fãs, assim como de todos os profissionais da música, empresários e comissões de festas. Agradece ainda a especial compreensão pelo respeito da sua privacidade nesta fase passageira da sua vida".

"Malhão do Beijo" e "Oh Cara Linda" são dois dos temas mais populares do artista.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.