A HBO confirmou à Variety, através de um comunicado, que foi alvo de uma intrusão informática recentemente, conforme a Entertainment Weekly (EW) tinha noticiado esta segunda-feira.

O canal estima que os hackers tenham tido acesso a 1.5 terabyte de dados, que incluem episódios inéditos de séries como "Ballers" e "Room 104" ou o guião do quarto episódio da sétima temporada de "A Guerra dos Tronos", que estreia no próximo domingo nos EUA e na segunda-feira seguinte em Portugal.

Num e-mail dirigido aos empregados, o CEO da HBO, Richard Plepler, considerou o ciberataque "disruptivo, desconcertante e perturbante para todos", realçando que o processo está a ser acompanhado "por uma equipa de tecnologia extraordinária juntamente com especialistas externos" num esforço "nada menos do que hercúleo" para mitigar os danos.

De acordo com o texto da EW, no domingo um e-mail foi enviado a múltiplos jornalistas, anunciando a brecha: "Olá à humanidade. A maior fuga da era do ciberespaço está a ocorrer. Qual o seu nome? Oh, esqueci-me de dizer. É HBO e ‘Guerra dos Tronos".

No passado mês de abril, a Netflix foi também alvo de uma invasão informática, da qual resultou a publicação de episódios da série "Orange Is the New Black". Os primeiros episódios da quinta temporada de "A Guerra dos Tronos" também foram colocados na internet antes da transmissão.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.