"O diretor de informação da RTP colocou o seu lugar à disposição do Conselho de Administração" e o órgão liderado por Gonçalo Reis "decidiu aceitar a disponibilidade e substituir Paulo Dentinho como diretor de informação da RTP", refere a empresa em comunicado.

"O Conselho de Administração da RTP decidiu nomear a jornalista Maria Flor Pedroso para o cargo de Diretora de Informação de Televisão da RTP, tendo iniciado o processo formal de recolha de pareceres junto da ERC [Entidade Reguladora para a Comunicação Social] e do Conselho de Redação da RTP", conclui.

Paulo Dentinho, diretor de informação da RTP, confirmou colocou o seu lugar à disposição esta quarta-feira, dia 10 de outubro e a administração da RTP aceitou o pedido de demissão.

O pedido de demissão esteve na sequência da polémica que se instalou nos últimos dias, depois de Paulo Dentinho ter escrito na sua conta pessoal no Facebook dois posts sobre violência sexual, que foram associados ao caso que envolve Cristiano Ronaldo.

O conselho de administração, depois de várias reuniões, decidiu aceitar o pedido do diretor de informação, visto que a continuidade de Paulo Dentinho estava a tornar-se insustentável.

Os posts Paulo Dentinho, diretor de informação da RTP, no Facebook  têm dado que falar, tendo uma das assessora de imprensa da empresa que representa o jogador, Manuela Brandão, questionado a credibilidade e a isenção da estação pública.

Paulo Dentinho fala em possível complô contra si envolvendo elementos da empresa

Já esta terça-feira, dia 9 de outubro, o diretor de informação da RTP confessou que suspeita que existe “possível complot contra si envolvendo elementos da empresa” e do site Vox Pop TV, um dos primeiros a abordar a polémica sobre as publicações na rede social, conta o jornal Público.

Numa reunião do conselho de redação da estação pública, Paulo Dentinho não respondeu às questões levantadas pelos elementos que lhe pediram justificações. Segundo um comunicado da CR, publicado pelo Público, o diretor de informação limitou-se a ler uma declaração e em que considera que "há indícios que sustentam suspeitas de um possível complot contra si".

Na reunião, o diretor lembrou ainda que as suas publicações no Facebook eram de "âmbito privado e fechado", mas que serviram "para lançar aquilo que admite poder ser uma campanha” contra si. Paulo Dentinho acrescentou ainda que o caso é "grave" e que pretende apresentar queixa às autoridades.

No comunicado, o conselho de redação lamenta a linguagem utilizada por Paulo Dentinho nos post sobre o caso que envolve Cristiano Ronaldo.

No fim de semana, em declarações ao Jornal de Notícias, Paulo Dentinho confessou ter ficado"perplexo pelas proporções" criadas por um post. "Fiquei perplexo pelas proporções que isto tomou... não quero falar mais sobre isso. Foi um momento. E todos temos os nossos momentos", disse ao jornal, acrescentando ainda que pretende sair da rede social.

O diretor de informação frisou ainda que não não há  nenhum inquérito a decorrer e "nem sequer mau-estar" na RTP1.

Paulo Dentinho era diretor de informação da RTP desde 2015,  tendo ocupado o cargo de José Manuel Portugal.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.