A atriz Adelaide João, de 99 anos, morreu hoje de madrugada na Casa do Artista, em Lisboa, onde residia, disse à agência Lusa fonte da instituição. Segundo vários meios, a atriz estava infetada com COVID-19.

Maria da Glória Pereira Silva, de nome artístico Adelaide João, nasceu em Lisboa a 27 de julho de 1921 e começou como atriz amadora no grupo de teatro da Philips.

Na televisão, Adelaide João, que no meio teatral era conhecida como Lai lai, estreou-se na RTP, com "Fim de Semana em Madrid", em 1960.

Em 2017, recebeu o prémio Sophia pela Carreira. "Uma carreira imensa, nos palcos, nos ecrãs de televisão e sobretudo no Cinema Português e nas produções estrangeiras rodadas em Portugal. Adelaide João é uma das mais queridas actrizes dos portugueses e uma presença constante ao longo de décadas em obras dos maiores cineastas nacionais. Ela foi sempre a eterna secundária, a figura indispensável que com uma frase ou meia dúzia de cenas, com meio filme e sem nunca ter pretensão de ser protagonista, tornou-se numa das mais brilhantes estrelas de Portugal. Uma Actriz Enorme que a Academia Portuguesa de Cinema celebra com um enorme orgulho", frisou a Academia Portuguesa de Cinema nas redes sociais, em 2017.

Na televisão faz várias séries, telenovelas, telefilmes e teleteatro, tendo participado  nas primeiras telenovelas portuguesas - "Vila Faia" (1982), "Origens" (1983), "Chuva na Areia" (1985) e "Palavras Cruzadas" (1987).

Morreu a atriz Adelaide João, aos 99 anos

A atriz fez ainda parte de séries como "Histórias Simples da Gente Cá do Meu Bairro" (1965), "Sete Pecados Mortais" (1966), "Xailes Negros" (1986), "Cobardias" (1988), "A Árvore" (1991), "Débora" (1998), "A Loja do Camilo" (2000), "Os Batanetes" (2004), "Aqui Não Há Quem Viva" (2007) ou "Um Lugar Para Viver" (2009).

No pequeno ecrã, Adelaide João participou ainda em "Olhos de água","Anjo Selvagem", "Nunca Digas Adeus", "Inspector Max", "Tudo por Amor",  "Floribella", "A Outra", "Casos da Vida" ou Liberdade 21".

"Conta-me Como Foi", "Um Lugar Para Viver" e "The Coffee Shop Series" foram os últimos trabalhos da atriz na televisão.

No grande ecrã, Adelaide João fez parte do elenco de filmes como "Nascido em Angola" (2017), "Os Gatos Não Têm Vertigens" (2014), "A Mulher que Acreditava Ser Presidente dos Estados Unidos da América" (2003), "O Processo do Rei" (1990), "Amor de Perdição" (1979), "O Princípio da Sabedoria" (1975) ou "O Recado" (1972).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.