A série estreou finalmente nos ecrãs da norte-americana A&E e tem um registo que se junta a outro sucesso do canal, «Bates Motel», uma adaptação inspirada no clássico de Alfred Hitchcock, uma produção da casa que tem dado trunfos no género de terror e que entrou na sua quarta temporada.

Em «Damien» também estamos perante um objeto ligado a um clássico do género, neste caso, «The Omen» («O Génio do Mal») que deu início a uma interessante trilogia que fechava com «A Maldição» (1978) e o «Conflito Final» (1981), com Sam Neill, ainda houve um remake falhado em 2006, «O Génio do Mal», com Liev Schreiber e Julia Stiles. A série não é um remake, é uma sequela que canaliza para o seu enredo o filme original de 1976, com Gregory Peck e Lee Remick, uma obra realizada por Richard Donner. «Damien» relata a chegada do anti-cristo na pessoa de Damien Thorn (Bradley James), um fotojornalista que cobre conflitos e catástrofes em todo mundo. Quando Damien está em trabalho em Damasco, na Síria, no dia do seu aniversário, uma velhota com um ar macabro toca-lhe, durante um violento motim, e transmite a mensagem que este é o momento que todos esperavam abrindo uma caixa de Pandora nas memórias escondidas da infância de Damien, observamos as primeiras imagens da trilogia original. A partir desse acontecimento Damien vai investigar a sua trágica infância enquanto, sem se aperceber, é protegido por uma força misteriosa e maligna. O personagem é confrontado com a possibilidade de ser realmente o anti-cristo, o sinónimo do mensageiro do apocalipse, enquanto tenta salvar-se a si e ao mundo.

A série foi criada por Glen Mazzara argumentista e showrunner de séries populares como «The Shield» e «The Walking Dead», um fã de terror que criou o conceito de “Damien 25 anos depois”. O projeto inicialmente foi desenvolvido em quatro episódios para a FOX e mais tarde passou para a Lifetime até que chegou ao canal A&E que apostou na encomenda de dez episódios. O tom da série cruza o terror e o thriller de conspiração quando se inicia a batalha pelo controlo e a eliminação de Damien numa luta entre o destino e a humanidade do personagem. Apesar da aposta falhada no remake de 2006 os créditos de Glen Mazzara, a narrativa de suspense e a interpretação sólida de Bradley James fazem de «Damien» uma série credível para os fãs de suspense/terror.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.