Daniel Oliveira partilhou no Facebook um pequeno excerto do romance, para aguçar a curiosidade dos seus futuros leitores: "Está nos livros, será sempre o passado a escrever o futuro e nunca do porvir se fará a história do que se quer contar. Nem sequer os cínicos são desprovidos do passado que molda o raciocínio. Em nós, de futuro, pouco, além do desejo. Todos somos memória. Mesmo isto a que chamam presente, ainda agora deixou de o ser".

O primeiro do apresentador de "Alta Definição", da SIC, conta a história de Camila, que vive em conflito perante com a sua consciência e é dotada de uma memória superior que lhe permite recordar ao pormenor todos os acontecimentos da sua vida.

Sublinhe-se que Daniel escolheu para título deste seu primeiro romance o nome de um quadro de Salvador Dalí, de 1931,que faz parte da coleção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.