Dirigida por Jorge Paixão da Costa, a série "O Atentado" antecede as versões televisivas dos filmes "O Ano da Morte de Ricardo Reis", de João Botelho, a partir do romance de José Saramago, "Salgueiro Maia - O Implicado", de Sérgio Graciano, sobre o Capitão de Abril, e "Doce", de Patrícia Sequeira, que recorda a ‘girl band’ portuguesa.

Estas produções cinematográficas ainda vão estrear-se nas salas de cinema, antes de chegarem ao 'pequeno ecrã', em episódios, à semelhança de "A Sombra", de Bruno Gascon, sobre a devastação provocada pelo rapto de uma criança.

O filme "Ordem Moral", de Mário Barroso, com argumento de Carlos Saboga e a atriz Maria de Medeiros por protagonista, estreado nos cinemas na passada quinta-feira, também terá na RTP1 a sua versão televisiva.

A lista de estreias deste canal inclui outras produções, concebidas para televisão. É o caso de "Vento Norte", de João Cayatte, retrato de uma família do Minho, com argumento de João Lacerda e Raquel Palermo e interpretações de Almeno Gonçalves, Ana Zanatti e Natália Luiza (10 episódios), e de "Capitães de Açúcar", de Ricardo Leite, abordagem da dependência em múltiplas perspetivas, escrita por Tiago Sarmento e Tiago Correia, com Ana Padrão e Vicente Wallenstein entre os atores (oito episódios).

"Até que a Vida nos Separe", de Manuel Pureza, sobre desventuras da família Paixão, envolve João Tordo na equipa de argumentistas, a par de Hugo Gonçalves e Tiago Santos. Albano Jerónimo, Dinarte Branco, Henriqueta Maia, José Mora Ramos, Teresa Madruga estão entre os intérpretes dos seus oito episódios.

A adaptação televisiva da "Crónica dos Bons Malandros", quase 40 anos depois da edição do livro de Mário Zambujal, e 36 após a estreia do filme de Fernando Lopes, mobiliza o escritor e jornalista para um novo argumento, com Mário Botequilha e Jorge Paixão da Costa, que também assina a realização.

A 'nova' "Crónica dos Bons Malandros" soma oito episódios e conta com atores como Ana Cunha, Adriano Carvalho, Isabel Ruth, Joana Barrios, José Raposo, Lúcia Moniz, Marco Delgado, Manuel Marques e Rui Unas.

"O Atentado", produção também concebida de raiz para televisão, é a única com data de estreia anunciada pela RTP.

Escrita por Francisco Moita Flores, para 10 episódios, a série tem por base os factos relacionados com o atentado a Salazar e com a violenta investigação que se sucedeu. Há porém uma dose de ficção. Se umas personagens são reais, “outras nem tanto”, esclarece o dossier de apresentação da RTP: “Nasceram da dramatização ficcional, para encadear os factos”.

A violência do oficial Agostinho Lourenço, chefe máximo da polícia política da ditadura que antecedeu a PIDE, a criação do campo de concentração do Tarrafal, em Cabo Verde, a Guerra Civil de Espanha, testemunhada pelo militante anarquista Emídio Santana, um dos envolvidos no atentado, são, porém, realidades ineludíveis na ficção.

Adriano Carvalho, Anabela Moreira, António Pedro Cerdeira, Gonçalo Botelho, Joaquim Nicolau, Laura Dutra são alguns dos atores desta produção.

Na área do documentário, as estreias anunciadas pela RTP preveem: "Fernão de Magalhães - A Mais Longa Jornada", de Manuel Martín e António F. Torres; "Entre o Mar e a Terra", visão de Portugal em 13 episódios, dirigida por Ivan Dias; "Montado", sobre o bosque ancestral da Península, em dois capítulos dirigidos por Joaquín Gutierrez Acha, com narração de Joana Seixas; e "Histórias do Fado", seis episódios com direção de João Afonso e Nuno Peleira.

"Herdeiros de Saramago", série documental assinada por Carlos Vaz Marques e Graça Castanheira, junta-se às 'joias da coroa', com os seus 11 episódios sobre outros tantos escritores de língua portuguesa distinguidos com o Prémio José Saramago: Paulo José Miranda, José Luís Peixoto, Adriana Lisboa, Gonçalo M. Tavares, Valter Hugo Mãe, João Tordo, Andréa del Fuego, Ondjaki, Bruno Vieira Amaral, Julián Fuks e Afonso Reis Cabral.

Esta série teve estreia marcada para o passado mês de junho, mas foi adiada para novembro, assinalando o aniversário de nascimento de Saramago.

Os episódios sobre Paulo José Miranda, João Tordo, Adriana Lisboa e Ondjaki tiveram antestreia no domingo passado, no âmbito do festival de cinema IndieLisboa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.