No último episódio de "Pesadelo na Cozinha", que foi para o ar no passado domingo, dia 4 de novembro, Ljubomir Stanisic visitou o restaurante Ninho de Sabores, em Braga. A emissão ficou marcado por algo inédito: pela primeira vez, os palavrões ditos pelo chef foram censurados.

Na edição do programa foram colocados pis nas piores asneira ditas pelo chef jugoslavo.

Segundo a revista NiT, o chef do programa da TVI foi agressivo com Bruno Martinho, proprietário de Ninho de Sabores, levando os funcionários a revoltarem-se com a produção. No dia em que Ljubomir  iria almoçar com a equipa do restaurante, foi ainda comunicado à produtora Shine Iberia que ninguém iria aparecer nas gravações da manhã seguinte.

A produtora colocou em cima da mesa a hipótese de não avançar com o episódio. Depois de o realizador Manuel Amaro da Costa ter conversado com o proprietário, a decisão foi revertida. “Foi ele que pediu para falar comigo, o que acho que nunca aconteceu nos restaurantes anteriores, e estivemos a conversar umas duas horas e meia”, revela Bruno Martinho, acrescentando que o tema da conversa foi a linguagem do chef.

"Eu não sou capaz de dar um berro aos meus funcionários, por isso, não admito falta de educação em minha casa. Ele [o realizador] garantiu-me então que o palavreado agreste não iria passar", contou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.