"Jeffrey Epstein: Podre de Rico" é um dos novos sucessos da Netflix. Nos últimos dias, em Portugal, a minissérie documental, que estreou a 27 de maio, conquistou os primeiros lugares do ranking diário do serviço de streaming.

A produção de Lisa Bryant conta a história jurídica de Jeffrey Epstein. "Antes de ser detido em 2019, Jeffrey Epstein foi acusado de abusar de mulheres e de raparigas menores de idade durante décadas, tendo desenvolvido uma rede de cúmplices que o ajudaram a cometer e esconder os seus crimes", explica a Netflix.

"De origens humildes, Epstein conseguiu chegar ao topo do mundo financeiro através da mentira e da manipulação. Acabou por acumular uma imensa fortuna e um enorme poder, enquanto geria uma rede de tráfico sexual internacional. O abusador sexual em série fez um acordo secreto com o governo em 2008, evitando assim uma possível pena de prisão perpétua e ficando livre para continuar a abusar de mulheres", recorda o serviço de streaming.

Ao longo de quatro episódios, através dos seus assustadores testemunhos em primeira mão, as acusadoras de Epstein são as principais vozes em "Jeffrey Epstein: Podre de Rico". "Ao revelarem as suas cicatrizes emocionais, algumas pela primeira vez, esta irmandade de sobreviventes pretende impedir predadores - e o sistema de justiça americano - de silenciarem a próxima geração", acrescenta a Netflix.

A série tem produção executiva de Joe Berlinger ("Conversas com um Assassino: As Gravações de Ted Bundy").

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.