As estrelas do pequeno ecrã reencontram-se (ao vivo e a cores) nos Emmys. A 73.ª edição das estatuetas que celebram o melhor da televisão decorreu na madrugada deste domingo para segunda-feira, em Los Angeles.

"The Handmaid's Tale", do serviço de streaming Hulu, foi a grande derrotada da noite e entrou para a história dos Emmys - a série bateu o recorde do maior número de derrotas numa única edição, tendo saído de mãos a abanar da cerimónia apesar de estar nomeada em 21 categorias.

"The Crown" partiu na frente da corrida, com 24 nomeações, e reinou na cerimónia dos Emmys ao conquistar 11 prémios. A série da Netflix sobre a família real britânica triunfou nas principais categorias, levando para casa o galardão de Melhor Série Dramática, derrotando "The Boys", "Bridgerton", "The "Mandalorian", "Lovecraft Country", "Pose", "The Handmaid's Tale e "This Is Us".

"Gambito de Dama", da Netflix, estava na corrida em 18 categorias, também conquistou 11 Emmys, mas apenas dois nas principais categorias - Melhor Minissérie e Melhor Realização  em Minissérie ou Telefilme. "Saturday Night Live" (8), "Ted Lasso" (7) e The Mandalorian (7) também se destacaram na 73.º edição das estatuetas que celebram o melhor da televisão.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.