Trata-se de uma comédia burlesca, com direção artística do artista belga Joseph Collard, criador que integrou a companhia Cirque du Soleil, e tem interpretação de Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes e Rui Cerveira, que, em setembro, sofreu uma rutura muscular, obrigando à suspensão do espetáculo.

Desenvolvido na técnica do 'clown' moderno, o espetáculo está em cena até 20 de dezembro, com sessões às quintas e sextas-feiras, às 20h30, e, aos domingos, às 11h00.

Estreada em fevereiro último, a peça inspira-se em histórias conhecidas do público desde a mais tenra idade, e é a 53.ª criação do Teatro Extremo.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.