Ao contrário dos Óscares do próximo ano, que vão aceitar lançados entre 1 de janeiro de 2020 e 28 de fevereiro de 2021, nem a pandemia consegue impedir que 2020 termine a 31 de dezembro e sejam divulgadas as listas de melhores filmes do ano.

Depois do impacto das escolhas do antigo presidente norte-americano Barack Obama, a atenção vira-se para Pedro Almodóvar: o cineasta espanhol publicou no site da sua produtora (El Deseo) uma lista com oito filmes, sem ordem especifica e devidamente comentados.

Dominam filmes lançados em festivais (Berlim, Sundance, Cannes) e apenas um produzido diretamente para streaming ("Sempre o Diabo", de Antonio Campos, para a Netflix).

LEIA A CRÍTICA "SEMPRE O DIABO.

A pouca visibilidade das plataformas não é uma surpresa após Almodóvar ter lançado a polémica enquanto presidente do júri do Festival de Cannes em 2017 ao dizer que "seria um enorme paradoxo que uma Palma de Ouro (...) ou qualquer outro filme premiado não pudesse ser visto em salas" de cinema, acrescentando que as plataformas em streaming deviam "aceitar as regras do jogo", respeitando "as distintas formas de exibição e as obrigações de investimento que atualmente regem a Europa".

Entre os outros eleitos está apenas um filme cuja estreia nos cinemas portugueses está confirmada, ainda que sem data: "Another Round", de Thomas Vintenberg, recentemente eleito o Melhor Filme na cerimónia virtual dos Prémios do Cinema Europeu.

"Another Round" e Mads Mikkelsen vencem Prémios do Cinema Europeu
"Another Round" e Mads Mikkelsen vencem Prémios do Cinema Europeu
Ver artigo

O realizador descreve-o como "uma história emocional e não moralista sobre a iniciação, em grupo, de quatro amigos no consumo de álcool, que os leva à beira do abismo" e existe "uma mistura de otimismo e melancolia nesta história que a torna muito especial".

"Os atores são soberbos, Mads Mikkelsen dá uma lição magistral de sobriedade gestual. No final, em plena explosão emocional no final do ano, junto com os seus alunos bêbados, Mads faz uma dança, uma verdadeira catarse, que te leva às lágrimas. O [movimento artístico] Dogma está de volta à boa forma", garante Almodóvar.

A lista completa-se com "First Cow", de Kelly Richard (eleito no domingo o melhor filme de 2020 pela Associação de Críticos de Los Angeles); "Little Joe", de Jessica Hausner; "Never Rarely Sometimes Always", de Eliza Hittman; "Ya No Estoy Aqui" (a candidatura do México ao Óscar de Melhor Filme Internacional); "Swallow", de Carlo Mirabella-Davis; e o documentário "The Painter and the Thief", de Benjamin Ree.

LEIA OS COMENTÁRIOS A TODOS OS FILMES.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.