Júlio César chega à Bretanha, onde uma pequena aldeia ainda resiste corajosamente à ofensiva das legiões romanas. Quando a situação se torna crítica, os bretões vêem-se forçados a mandar vir da Gália o guerreiro Astérix, o primo em segundo grau de Jolitorax, para tentar resolver a situação com a ajuda da poção mágica.


«Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade»
é o quarto filme em imagem real adaptado da série de banda desenhada criada por René Goscinny e Albert Uderzo. Desta feita, o álbum adaptado é o popular «Astérix entre os Bretões» e o realizador é
Laurent Tirard, que já tinha assinado a adaptação de outra série criada por Goscinny,
«O Menino Nicolau».

No elenco, mantém-se apenas
Gérard Depardieu como Obélix, com Astérix a mudar mais uma vez de rosto: depois de
Christian Clavier em
«Astérix e Obélix Contra César» e
«Astérix e Obélix: Missão Cleópatra», e
Clovis Cornillac em
«Astérix nos Jogos Olímpicos», agora é
Edouard Baer a encarnar o pequeno guerreiro gaulês no novo filme. O ator francês não é um estranho à série: ele já tinha interpretado o chato e palavroso Otis em «Astérix e Obélix: Missão Cleópatra».

Do restante elenco destacam-se ainda nomes de prestígio como
Fabrice Luchini como Júlio César (que tinha sido encarnado nas fitas anteriores por Gottfried John,
Alain Chabat e
Alain Delon),
Catherine Deneuve como Rainha de Inglaterra,
Jean Rochefort como Lucius Fouinus,
Louise Bourgoin como Falbala,
Gérard Jugnot como o pirata Barba-Ruiva e
Dany Boon como Tetedepiaf.

O filme estreia em França a 17 de outubro de 2012 e chega às salas portuguesas no dia a seguir.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.