O festival DocLisboa, dedicado ao documentário, terá em outubro uma retrospetiva do cinema da Geórgia, desde os anos 1920 até à atualidade, foi hoje (19) anunciado.

A retrospetiva decorrerá na Cinemateca Portuguesa e contará com cópias restauradas de cem anos da cinematografia georgiana, "desde o cinema mudo inicial até ao novo folêgo de produção dos anos 2010", ou seja, desde o início do período soviético até à independência da Geórgia, há quase trinta anos.

Nesta 18.ª edição, o DocLisboa decorrerá num formato reformulado, dividido por módulos de exibição de documentário em sala, entre outubro e março de 2021.

O primeiro módulo vai acontecer de 22 de outubro a 1 de novembro.

De novembro a março, será depois apresentada programação “uma semana por mês, nas salas habituais”, acompanhada de debates e conversas.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.