Nas próximas semanas, vai ser possível assistir em duas salas de cinema portuguesas, em Lisboa e Gondomar, a uma versão inclusiva tradaptada do filme “Uma Vontade Cega”.

Trata-se de uma versão com áudio-descrição, áudio-legendas, língua gestual e legendas, simultaneamente, para uma comédia dramática inspirada na história verídica de Saliya (Kostja Ullmann), um estudante promissor que ficou praticamente cego na adolescência mas recusa sentir-se inferior ou vitimar-se, decidindo manter em segredo que é invisual para conseguir um estágio no hotel mais prestigiado de Munique.

Com muita determinação e impressionante resiliência, além da ajuda do seu melhor amigo Max (Jacob Matschenz), vai superando todas as expectativas e obstáculos, até que se apaixona por Laura (Anna Maria Mühe) e a elaborada encenação que cuidadosamente planeou começa a desmoronar.

As salas com a versão tradaptada são a do Cinema City Campo Pequeno, com sessões às 15h25 e 17h35, e a do Cinema Nos Parque Nascente, em Gondomar, onde a exbição será às 15h30 e 18h10.

A estreia de  “Uma Vontade Cega” tem o apoio da AAICA (Associação de Apoio e Informação a Cegos e Ambliopes), da ABAADV (Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual – Escola de Cães-guia), da ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), da APD (Associação Portuguesa de Deficientes), da DGE (Direção-Geral da Educação), da FPAS (Federação Portuguesa das Associações de Surdos), do INR (Instituto Nacional para a Reabilitação), do Ministério do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, da Ordem dos Enfermeiros e da Santa Casa da Misericórdia.

Trailer tradaptado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.